Quais as melhores ferramentas para evitar roubo de carro? 5 acessórios indispensáveis!

Todo motorista que dirige muito nos centros urbanos e frequentemente tem que estacionar na rua sabe como é perigoso deixar seu carro nessas situações. Infelizmente com o roubo de carro e de peças aumentando cada vez mais, é necessário tomar algumas precauções.

Por isso, confira no artigo de hoje as 6 melhores ferramentas para evitar roubo de carros!

1 – Alarmes automotivos

Um dos equipamentos mais simples, acessível e indispensável para a segurança do seu carro é o alarme automotivo.

Esse acessório consiste em acionar um alarme caso qualquer abertura indevida das portas seja identificada, mas alguns também conseguem identificar movimento por dentro do carro, sem necessariamente as portas terem sido abertas.

Você pode comprar um em qualquer loja de acessórios para automóveis e os mais simples custam em torno de R$ 90 e os modelos mais completos podem ser ativados pelo próprio celular, normalmente custando cerca de R$ 200.

2 – Bloqueadores com sensor de presença

Um bloqueador veicular é um equipamento que atua interrompendo a injeção de combustível no motor, consequentemente desligando e imobilizando o carro dependendo da situação.

Alguns fazem o bloqueio por tempo de abertura da porta, ou seja, quando a porta do motorista é aberta, é necessário que o condutor desative o sistema em um determinado período. Caso isso não seja feito, o carro é desligado e não sai do lugar.

Esses sistemas custam em média R$ 1 mil e precisam de uma mensalidade, que varia para cada cidade.

A vantagem deles é que além de eles economizarem nas taxas do seguro, você pode sair com segurança de um assalto, sem oferecer resistência e não se preocupar, pois o veículo será bloqueado alguns minutos depois.

Alguns alarmes automotivos também acompanham um sensor de presença, que atua como bloqueador, de forma que sempre que o condutor se afasta do carro com o dispositivo sensor, o automóvel é bloqueado.

3 – Trava de volante e pedal

Quem nunca teve medo de estacionar o carro e quando voltar, não encontrar ele lá, não é mesmo? Principalmente no Brasil em que os dados mostram que a cada 1 minuto, um carro é roubado, uma solução para isso são as travas de segurança.

A trava de pedal e volante deve ser colocada no carro toda vez que você ficar distante dele. Seu objetivo é travar o funcionamento da embreagem e do volante, impedindo que criminoso consiga dirigir o carro.

Essas travas são de material muito forte e difícil de ser quebrado, o que reduz as chances de você ter seu veículo furtado.

4 – Rastreadores

Os rastreadores são equipamentos de geolocalização para monitorar onde seu carro se encontra a todo momento.

Eles são pequenos aparelhos instalados no veículo que emitem sinais de radiofrequência ou são integrados a um GPS.

Com essa função, as centrais que oferecem rastreamento veicular te informam a todo momento onde seu carro se encontra, mesmo estacionado.

Ainda que o rastreamento não impeça o roubo em si, se aliado, por exemplo, junto com um sistema de bloqueador veicular, você pode encontrar seu carro após ele ser bloqueado, bastando olhar no rastreador.

5 – Parafusos antifurto

Os parafusos antifurtos são ideais para impedir o roubo de rodas, que é muito comum no Brasil.

Um kit desse é composto por 4 parafusos com uma combinação única (nenhum outro kit tem a combinação igual ao seu) e uma chave para codificar o segredo.

Além da combinação exclusiva, os parafusos possuem um sistema de giro em falso, que faz a porca girar sobre si mesma em tentativa de retirada. Isso dificulta a ação dos ladrões e protege seu carro.

Gostou das nossas dicas? Se você já usa alguma dessas ferramentas comente sua experiência conosco!

O post Quais as melhores ferramentas para evitar roubo de carro? 5 acessórios indispensáveis! apareceu primeiro em Blog Logística Total.

Anúncios

BYD entrega primeira frota de ônibus 100% elétricos do Equador

Em uma cerimônia realizada em 12 de março, a BYD comemorou a entrega de 20 ônibus para integrar a primeira frota de ônibus elétricos do Equador, em Guayaquil, a maior cidade do país. Em abril de 2017, a BYD também entregou ao Equador a primeira frota de táxis 100% elétricos.

O evento contou com a presença do prefeito de Guayaquil, Sr. Jaime Nebot, que anunciou que o Estado pagará 50% dos custos de energia durante o primeiro ano de operação dos táxis e dos ônibus elétricos. Além disso, o governo fornecerá um bônus entre US$ 2.000 e 3.000 para cada motorista de táxi elétrico.

Nebot afirmou ainda que a compra de ônibus elétricos é um bom exemplo da diretriz do modelo de desenvolvimento da cidade para integrar “administrações centrais e locais, empresas nacionais e estrangeiras e cidadãos”. A cerimônia contou também com a presença de altos funcionários do governo da cidade, que destacaram a importância da cooperação que possibilitou a introdução da mobilidade elétrica no principal porto do Equador.

entrega ônibus eletrico
O prefeito de Guayaquil, Jaime Nebot (ao meio), e outros funcionários do governo na cerimônia de entrega

A frota será operada pela Saucinc, uma operadora de ônibus de Guayaquil. Antes da entrega, uma operação experimental foi realizada no período de novembro de 2017 a março de 2018, com um ônibus rodando uma média diária de 250 km em Guayaquil, durante a qual mais de 72.000 passageiros puderam experimentar um serviço de ônibus elétrico pela primeira vez. Estima-se que a operação da frota elimine 12,8 toneladas de emissões de CO2 e o consumo de 2,9 milhões de galões de diesel, representando um corte de US$ 8 milhões nos custos para o governo equatoriano, que atualmente subsidia combustível fóssil para transporte público. As tecnologias avançadas da BYD fornecerão aos motoristas um ônibus confortável e maior segurança nas estradas, com recursos como controle de limite de velocidade via software e câmeras internas .

José Silva, Gerente Geral da Saucinc, agradeceu à Autoridade de Trânsito Municipal (MTA) por “estabelecer padrões claros e permitir este salto tecnológico do uso de combustíveis fósseis para o uso de energia limpa no Equador”, além de destacar o apoio da BYD ao projeto, implementação e depois vendas. Silva acrescentou que os principais beneficiários serão os moradores de Guayaquil, que agora podem desfrutar de tecnologia de ponta em sua própria cidade; assim como os motoristas da Saucinc, cujo trabalho agora se tornará muito mais seguro e confortável.

A BYD

“Pioneira em soluções de energia limpa”

Gigante global da energia limpa, a BYD é maior fabricante global de baterias de lítio-ferro e de veículos elétricos e plug-in (de 2015 a 2018). A empresa está presente em seis continentes, com veículos operando em mais de 300 cidades em 50 países. Superando 240 mil funcionários distribuídos em 30 fábricas ao redor do globo (sendo 20 mil engenheiros pesquisadores que já desenvolveram acima de 24 mil patentes), a BYD é, ainda, a segunda maior fornecedora de componentes para celulares, tablets e laptops no mundo para outras marcas globais. A empresa foi considerada uma das 15 empresas que estão mudando o mundo para melhor, “Change The World” da Revista Fortune, e em 2016, ganhou o prêmio Zero Emission Eco system da ONU, entre outros prêmios internacionais.

No Brasil, a BYD abriu sua primeira fábrica em 2015 para produção de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras em Campinas, interior de São Paulo. Em abril de 2017, inaugurou sua segunda planta para produção de módulos fotovoltaicos, consolidando-se como uma das líderes desse importante mercado no Brasil. Em fevereiro de 2019, a BYD Brasil assinou seu primeiro projeto de SkyRail (monotrilho) no país, numa Parceria Público Privada (PPP) de R$ 1,5 bilhão na cidade de Salvador. A BYD Brasil já emprega mais de 250 funcionários nas cidades de Campinas e São Paulo.

Contato: Patrícia Peres

e-mail: patrícia.peres@byd.com

Tel.: 19-3514-2557

O post BYD entrega primeira frota de ônibus 100% elétricos do Equador apareceu primeiro em Blog Logística Total.

Como pegar empréstimo para a sua empresa?

Para quem quer abrir um novo negócio, investimento financeiro é
essencial. Mas não só isso.

Antes de colocar sua ideia em prática, é necessário
estruturar um planejamento que inclua todos os serviços do empreendimento, o
mercado almejado e seus potenciais clientes.

Vantagens de ter o próprio negócio

De acordo com o Indicador do Serasa, mais de 2,2 milhões de
negócios foram abertos em 2017.

Além de estabilidade financeira, há outros benefícios que um
empreendimento pode trazer, como:

  • Flexibilidade com horários
  • Escolha da equipe de trabalho
  • Dedicação total ao que gosta
  • Independência financeira

No entanto, não são todas as pessoas que possuem capital
para investir e é aí que a opção de pedir um empréstimo torna-se viável.

Como conseguir o empréstimo

Como dito acima, antes de tudo, é necessário elaborar um
planejamento sobre o seu projeto:

  1. Identificar porque você
    precisa de crédito (o valor pretendido e a finalidade)
  2. Comparar as instituições
    financeiras (condições, prazos e parcelas variam de banco para banco)
  3. Mostrar ao banco que sua
    ideia vale a pena e é financeiramente viável
  4. Entregar o projeto, com a
    documentação necessária, para a instituição e aguardar o retorno
    informando a liberação ou restrição.

Uma dica essencial para o uso do empréstimo é usá-lo na
compra do maquinário, pois os juros são bem menores. Também é imprescindível
procurar várias opções, mas busque criar um laço favorável com o banco, isso o
ajudará a conseguir o crédito mais facilmente.

Bancos que oferecem empréstimo para empresas

um cofrinho com dinheiro

Cada um com suas especificidades, os bancos possuem prazos,
taxas e condições diferentes. Confira as melhores instituições.

  • Banco do Brasil: Prazo de até 24
    meses, taxas que giram em 2,42% ao mês, microempresários e autônomos também
    podem solicitar crédito. 
  • Caixa Econômica: Com possibilidade
    de financiar máquinas em até 120 meses, é necessário já ser cliente Caixa.
  • Santander: Prazo de 3 a 60 meses,
    até 59 dias para pagar a primeira parcela e financiamento de 100% do
    valor.  
  • Itaú: É possível solicitar
    empréstimo online, e se aprovado, o dinheiro estará disponível na sua conta em
    poucas horas. Os pacotes das tarifas se adequam ao tamanho da empresa.
  • BNDES:
    Focado em micro, pequena e média empresa, além de pessoa física. O serviço
    oferece tipos como o Empréstimo Ponte, Agrícola e outros.

Documentos exigidos

Normalmente, os bancos costumam solicitar os mesmos
documentos:

  • Cadastro de todos os sócios e cônjuges
  • CNPJ
  • Alvará de funcionamento
  • Declaração de empresário registrado na Junta Comercial
  • Balanço patrimonial
  • Previsão de faturamento nos primeiros 12 meses
  • Recibo de entrega de Declaração de Imposto de Renda
  • Escrituras de Bens de Imóveis

Tipos de crédito

Empréstimo para MEI

Para microempreendedores individuais, é necessário obedecer
alguns requisitos, como: pagar sua contribuição mensal, atualizar seus dados,
ter o comprovante de MEI,
além de fazer uma declaração anual do faturamento.

Os bancos costumam exigir alguns documentos base:

  • RG e CPF pessoal do MEI
  • Certificado de Condição do Microempreendedor Individual
  • Comprovante de residência do MEI
  • CNPJ

BNDES Automático

Esta categoria fornece financiamento de até R$150 milhões
para projetos de todos os tipos de empresa. Itens veiculados como
obras, aquisição de máquinas e equipamentos novos também estão
inclusos. Cada banco possui suas condições e taxas.

Confira:

BNDES Emergencial

Exclusivo para negócios sediados em áreas que foram afetadas
por desastres naturais. Com financiamento de até R$ 5 milhões, pode ser
solicitado por empresários individuais, produtores rurais ou cooperativas.

Microcrédito

Independente do banco, as taxas de juros chegam até 4% ao
mês, com prazos de 4 a 24 meses para pagar.

Instituições tradicionais como Itaú, Caixa, Santander, Bradesco e Banco do Brasil, oferecem o serviço
para qualquer dono de negócio que fature até R$120 mil por ano.

Peer-to-peer lending

Sem a necessidade da participação de um banco, nesta
modalidade de crédito, pessoas investem em pessoas. É ideal para o investidor
que busca retornos maiores que os investimentos bancários e para o tomador de
empréstimo, que busca taxas de juros menos elevadas.

Investidor anjo

Tudo começa com um investidor que concede capital a uma
startup em troca de suas ações.

Os investidores-anjo podem investir até R$50 mil em
microempresas ou empresas de pequeno porte. Assim como é feito com os bancos,
você precisa planejar um projeto ideal, que apresente um diferencial.

Cuidados

Após analisar todas as suas opções de empréstimo, é preciso
ter alguns cuidados em mente:

  • Prazo importa: preste atenção no valor da prestação e
    se ela cabe no seu bolso.
  • Fuja de armadilhas: se atente ao valor dos juros e a
    possibilidade deles aumentarem com o tempo.
  • Se necessário, entre em contato com o banco: caso você
    perceba uma mudança brusca nas taxas, é seu direito reaver.
  • Preste atenção nos prazos: não deixe que as parcelas se
    transformem em dívidas.
  • Perguntas pertinentes ao pedir um empréstimo: Qual o
    volume de dinheiro que eu tenho disponível para investir? Qual a capacidade de
    endividamento do negócio? Qual o nível de faturamento? Qual a previsão de
    receita para os próximos meses e anos?

O post Como pegar empréstimo para a sua empresa? apareceu primeiro em Blog Logística Total.

Como não pagar juros na fatura dos cartões Mastercard

Se tem uma coisa que desanima tanto
na hora de pagar a fatura de um cartão, como na hora de abrir uma conta: são as
taxas de juros!

Hoje abordaremos essa questão. As
diferenças de juros cobrados de uma instituição financeira para outra, podem te
parecer pouca, mas vale a pena dar uma maior atenção a esse detalhe. Na hora de
Abrir uma conta ou antes de pagar as faturas de seus cartões MasterCard, é
melhor você ficar atento a alguns pontos, vamos lá?!

Pagamento
total da fatura

Uma das maneiras mais simples de
não se pagar juros para o cartão de crédito, é pagando a parcela total da
fatura. Com toda certeza, se você pagar o custo indicado no seu boleto de
pagamento, não terá nenhuma surpresa sobre taxas de juros no próximo mês.

Mas fique atento. Não adianta nada você pagar o valor total exigido pelo banco referente a seus gastos, se for em datas que passam das preestabelecidas por você e seu banco.

Então se mantenha atento! Observe
qual data será a data limite e não deixe passar. Quanto mais passam os dias,
maior será a taxa de juros cobrada pelo banco. A taxa não depende do Mastercard
e sim do banco escolhido por você.

Pagamento
mínimo da fatura

Não fez os cálculos certo das
contas a pagar? Calma que ainda existe a possibilidade de você fugir dos altos
juros cobrados por alguns dos bancos mais famosos. Como fazer essa proeza? Em
toda fatura que você for pagar com bandeiras de cartões Mastercad, a cliente
tem a possibilidade de optar pelo pagamento de um valor mínimo.

Você pode descobrir esse valor na
própria carta que recebe mensalmente sobre o valor que deverá ser pago na
fatura em questão. Se você parar para analisar, ao lado do valor total a ser
pago na fatura, vem escrito a opção de valor mínimo que você pode efetuar.

Caso pague um valor abaixo do
mínimo, você pagará a taxa de juros. Mas é importante lembrar que o valor remanescente
do estipulado a pagar, ou seja, a diferença entre o valor total da fatura e o
valor mínimo pago pelo cliente, virá a ser cobrado no próximo mês. Porém a
grande vantagem de se efetuar pelo menos o pagamento do valor mínimo, é a
questão de você não ter que pagar a taxa de juros cobrado por dia.

Desta forma, além de você estar atento com as datas e valores (total e mínimo a ser pago) da sua fatura, é importante fugir das taxas de juros cobrada. Para isso, atente-se a data de vencimento do seu cartão e caso a conta não chegue na sua casa, saiba como emitir a 2º via do seu cartão MasterCard. No mais, caso você esteja passando por uma emergência ou situação inesperada, trate de pagar ao menos o valor mínimo cobrado e fuja da taxa de juros cobrado por dia. Organiza-se e busque estar preparado com suas contas. O cartão Mastercard pode te oferecer diversas regalias na hora de pagar sua conta, mas use-as com moderação e sempre terá essas vantagens.

Gostou das dicas? Então compartilhe
nas redes sociais e ajude seus amigos a fugir das altas taxas de juros no
pagamento de suas faturas!

O post Como não pagar juros na fatura dos cartões Mastercard apareceu primeiro em Blog Logística Total.

Como os guindastes surgem em um arranha-céu?

Muitas vezes vemos guindastes em arranha-céus que estão em construção. Mas como você faz com que os guindastes subam e desçam novamente?

Guindastes são construídos como um binóculo telescópico

O método mais fácil é colocar um guindaste do lado de fora da fachada do prédio. O guindaste é projetado como um binóculo telescópico para que as seções da torre possam ser inseridas o tempo todo, à medida que o edifício se torna mais alto. Para garantir que o guindaste não tombe, cada seção é anexada ao prédio. E quando o trabalho de construção é concluído, os elementos individuais podem ser unidos passo a passo.

A desvantagem de colocar a torneira ao lado da parede externa é que a lança do guindaste deve se estender pelo edifício. A capacidade de carga diminui quanto mais longa a lança e, portanto, a grua tem apenas uma certa faixa. Outra solução é colocar guindastes por todo o prédio. Mas é caro e, ao mesmo tempo, exige coordenação para evitar que os guindastes atrapalhe o caminho um do outro.

Boas experiências com guindastes no meio da obra

Os engenheiros, por outro lado, têm boas experiências com a colocação do guindaste no meio do prédio. Em tal arranjo, um guindaste de torre com seções telescópicas também é normalmente usado. A vantagem é que, com uma localização central, o comprimento da lança é melhor utilizado. Se alguém escolhe esse método, deve-se, no entanto, estar preparado para que o edifício não possa ser concluído internamente antes que o guindaste termine com o trabalho e tenha sido removido.

O post Como os guindastes surgem em um arranha-céu? apareceu primeiro em Blog Logística Total.

Como colocar um piso de cascalho

O piso de pedra é usado principalmente em terraços, embora tenha sido gradualmente incluído dentro de casa e certamente se tornará uma das grandes tendências decorativas em pisos interiores em pouco tempo.

Embora possa ser usado em qualquer ambiente interno, é melhor colocar a pedra apenas nos banheiros, pois sua manutenção requer muita umidade e água.

Sua colocação não é muito complicada e com ter claro quais são os passos você poderá fazê-lo sem problemas. A primeira coisa é obter as telhas ou pedras , que têm cores e desenhos diferentes. 

Você também precisará de algumas ferramentas: argamassa, espátula com entalhes, uma esponja, juntas de epóxi e um verniz hidrofóbico para pedra. Antes de começar, você terá que pensar em como deseja, já que pode combinar diferentes cores e desenhos, criando também formas geométricas originais com sua composição.

O chão tem que estar completamente liso antes de começar a instalação, portanto, se você tiver alguma irregularidade, você deve consertá-lo antes de começar. 

Agora pronto para começar, aplique a argamassa na superfície com a ajuda da espátula para torná-la uniforme. A próxima coisa será distribuir os seixos, algo que não tem um padrão, pois será de acordo com o projeto que você deseja alcançar.

Quer aprender a fazer piso de epóxi? Conheça o melhor curso de porcelanato liquido.

Quando você os colocou, você deve deixar a argamassa secar entre 24 e 48 horas (dependendo das condições ambientais, pode demorar mais ou menos tempo para secar). 

A próxima coisa será trabalhar as articulações , para o qual é melhor usar a argamassa de juntas de epóxi, pois é antibacteriano e impermeável. Esta argamassa pode ser de alguma cor para se assemelhar mais seixos, mas tente não estar em um tom muito claro, uma vez que a sujeira será mais apreciada.

Quando as juntas tiverem endurecido, o último passo será dado, que será o de conseguir o acabamento desejado. Aplique uma camada de verniz hidrofóbico para eliminar a porosidade que os seixos possam ter e, assim, protegê-los das manchas e da água.

O post Como colocar um piso de cascalho apareceu primeiro em Blog Logística Total.

Tendências em torneiras

Quando reformamos nossa clinica, não paramos para pensar na importância de certos elementos, como as torneiras. Não apenas temos que ter certeza de que eles cumprem bem sua função, mas também devemos olhar para o design deles, já que isso depende de o ambiente ser mais ou menos bonito.

Para escolher bem, não há nada como estar ciente das últimas tendências, que como você sabe, não só afetam a decoração em geral, mas também têm um impacto em aspectos mais concretos, como o que engloba todas as torneiras.

Torneiras para todos os gostos

Já se foram aqueles momentos em que todas as torneiras eram as mesmas. As torneiras de hoje, por exemplo, mudaram muito e não têm nada a ver com as que foram vendidas no passado. Agora é possível acessar uma ampla gama de opções para que todos possam comprar o que querem de acordo com seus gostos e necessidades.

Existem torneiras automáticas com pedal, formas arredondadas, quadradas e retangulares… É incrível o que os fabricantes podem fazer hoje para integrar perfeitamente qualquer torneiras.

Além disso, não devemos esquecer que, com o passar do tempo, nos beneficiamos de inovações como aquelas que economizam água, algo que não é apenas bom para o nosso bolso, mas também para o meio ambiente.

A torneira que você pode ver abaixo está à venda na H2Tec, como você pode verificar em seu site são especialistas em torneiras automáticas com pedal para clinicas.

Torneiras em preto

Quem iria nos dizer que as torneiras na cor preta se tornariam moda? Da mesma forma que compramos carros vermelhos, amarelos ou azuis metálicos, as torneiras também evoluíram para serem vistas em outras cores. O preto, por sua elegância, é um tom altamente recomendado para ambientes com um ar mais moderno e jovem.

Acabamentos em ouro e cobre

É necessário celebrar que as tendências decorativas vão além de uma casa ou apartamento para infiltrar-se no meio comercial.

Se há lâmpadas e objetos decorativos que são fabricados com acabamentos em ouro e cobre, por que não há torneiras com os mesmos fins? Eles são modernos, delicados, glamourosos e com caráter. Em suma, a melhor opção para quem se cansou da torneira clássica.

O post Tendências em torneiras apareceu primeiro em Blog Logística Total.